Amanhã

amanha%cc%83

Insistem para que abras os olhos
para que vejas o mundo em teu redor
esse mesmo que te abandona
progressivamente
sem grande afectação
ou desassossego
E tu mudo
teimosia consciente da inutilidade
de qualquer palavra
vais-te confundindo com a parede
e a luz que a banha
ausência repetida e fria
como as tuas mãos
Essas mesmas que reforçam a mudez do teu
não querer ver
não importa

é um teatro desocupado

o teu olhar
Da infância
uma praia vazia
não deserta
não
há as sombras de pano
gasto
amarelado
memória rompida
em dias aparentemente
felizes
Gostava que sentisses o m ar
durante esta breve eternidade do agora
não esse que vai e vem em ondas
e que nos molha os pés
mas o ma r que se instala no pensamento

e nos salga a vontade
à chapada
que nem o vento
norte sem nós
sorte sem dentes
postiços
mas não sei por onde andas
nesse teu mover metálico
de elefante abatido
Ainda
queres
ir
para
casa?
sim
vão continuar a dizer-te que essa é a tua casa
que és um tonto
que te trocas todo
que não sabes nada
devias era abrir os olhos
como é que alguém sabe alguma coisa de olhos
fechados
assim vão acabar por se colar
por falta de juízo
desprezas a generosidade de deus
estás à espera de quê
m i l a g r e s
Contenta-te com a sopa que te levam à boca
e não digas que vais daqui
daqui
do fim do mundo
do teu
do nosso
amanhã

 

João Pedro Azul

Anúncios

Palavras que nos emocionam

    Não quero deixar passar mais tempo sem agradecer mais uma vez neste último contacto toda a simpatia que tiveram comigo e com a minha Mãe, a disponibilidade, prontidão e eficácia que sempre demonstraram na resolução de problemas, na escolha cuidadosa da equipa de apoio, pessoas essas com as quais tanto eu como a minha Mãe estabelecemos relações de confiança, simpatia, empatia, sentimentos esses que irão prevalecer comigo em relação a elas.

    Obrigada por tudo, desejo que a v. empresa continue a prosperar sob as características de fiabilidade com que é orientada.

 

 

    Cumprimentos, Leonor D.

Massagem ao Senhor Valente

15. Massagem ao Senhor Valente (28.12.2016).jpg

O Natal é bom quando todos estão cá. E chorou. Como uma criança desprotegida. As lágrimas de uma pessoa velha são mais fortes e profundas porque levam a dor de fora para dentro. Se a minha mulher estivesse cá, por estes dias íamos ao Bolhão buscar os frutos secos. Sabe, a nossa padeira sempre diz que morre o corpo e a alma fica na companhia de quem ama enquanto a memória durar. O senhor Valente falava com a voz tão terna e suave.

Por Susana Cunha

Continuar a ler

Sugestão Fim de Semana

Feira Artesanatus na Praça de D. João I

artesanatus

De 1 a 23 de dezembro, a Artesanatus volta a promover o que de melhor se faz ao nível do artesanato tradicional e contemporâneo. Quem passar pela Praça de D. João I poderá encontrar um conjunto de produtos com a garantia de qualidade, originalidade e autenticidade das produções artesanais.

O evento, de entrada livre, é organizado pela Associação de Artesãos da Região Norte, com o apoio da Câmara do Porto (através da PortoLazer).

O Horário será de domingo a quinta-feira: das 10 às 20 horas e sextas-feiras, sábados e vésperas de feriado: das 10 horas à meia-noite.

Poderá obter mais informações através do endereço: http://www.portolazer.pt/noticias-porto-lazer/feira-artesanatus-na-praca-de-d–joao-i

Sugestão de Fim de Semana

Perlim – Santa Maria da Feira

18-perlim-09-12-2016

Durante o mês de Dezembro vá até Santa Maria da Feira ao Maior Parque Temático de Natal de Portugal – Perlim!

Do dia 1 ao dia 30 de Dezembro, poderá encontrar em Perlim espectáculos musicais de grande formato, histórias de encantar, animação circulante, cenários e cenografia, inspirados no melhor do imaginário infantil, e muitas diversões, tudo junto na centenária Quinta do Castelo, a verdadeira magia chega a todos!

O horário de abertura será de segunda a sexta-feira das 14 horas às 18 horas. E ao fim de semana e feriados, das 14 horas às 19 horas. O parque estará encerrado nos dias 5 7, 12, 14, 24 e 25 de Dezembro

A entrada é gratuita até aos dois anos de idade. Dos 3 aos 12 anos, o custo é de 5 euros, como para os visitantes com mais de 65 anos. Entre os 13 e os 64 anos o bilhete custa seis euros.

Mais informações no site: http://www.perlim.pt/